APERTOU O CERCO:Justiça bloqueia quase R$ 22 milhões de Marconi e aliados

O homem que chegou a ser considerado o mais importante e temido do Estado de Goiás nos últimos 20 anos, hoje não passa de um simples cidadão tendo que enfrentar a Justiça. E hoje, mais um capítulo marcou o fim da era Marconi Perillo. A Justiça Federal acatou um pedido feito pelo Ministério Público Federal e determinou o bloqueio de quase R$ 22 milhões em imóveis do ex-governador e pessoas ligadas a ele. O Ministério Público Federal havia pedido a apreensão dos bens dos envolvidos visando resguardar uma eventual condenação dos acusados e consequentemente o ressarcimento dos valores recebidos como propina. Para o Ministério Público, os acusados poderiam se desfazer de seus patrimônios. Vale ressaltar que a decisão judicial se refere à Operação Cash Delivery, operação esta que apura suspeitas de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa tendo Perillo e aliados como acusados.

DEFESA SE MANIFESTA
“Rigorosamente nada há tecnicamente que preocupe sob o prisma penal, talvez por isto esta reiterada postura do Ministério Público de buscar atingir o cidadão investigado através dos seus bens. No caso concreto são bens adquiridos muito antes dos fatos injustamente apontados como ilegais, o que por si só demonstra a ilegalidade e a desnecessidade da medida. Quer a defesa ressaltar a perplexidade com a exposição do inteiro teor dos bens arrestados pela imprensa, que cumpre seu papel ao divulgar um material que teve acesso antes mesmo da Defesa Técnica. A Defesa já está recorrendo aos Tribunais Superiores e acredita na independência e autonomia do Judiciário.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *