Perto de inauguração, empresário diz a verdade sobre o Centro de Saúde da SQ 10

Após virar evidências de denúncias através de redes sociais por parte de um vereador, o dono da empresa vencedora da licitação para a obra do Centro de Saúde concedeu entrevista ao Comunica Cidade para esclarecer o porquê de a obra ainda não ter sido concluída e também para rebater denúncias inverídicas feitas pelo parlamentar mirim de Cidade Ocidental.

Segundo a prefeitura municipal a reforma no prédio está sendo finalizada e deve ser entregue à população ainda no primeiro semestre deste ano. Informação essa confirmada pelo dono da empresa, Tiago Pereira. Ele explicou para nossa reportagem que houveram atrasos nos repasses do Governo Federal, e também por algumas exigências da vigilância sanitária do Ministério da Saúde, acabou ocorrendo o atraso na obra. Ele explicou ainda que a atual administração solicitou novos prazos para a conclusão, visto a necessidade de novos procedimentos e, especialmente, devido às alterações exigidas pela vigilância sanitária no projeto. Tiago disse também que a obra está na fase final para conclusão, e que a prefeitura prometeu se empenhar para quitar os repasses que faltam. Segundo o dono da empresa, até maio a obra será entregue.

Sobre as denúncias

Sobre as denúncias feitas pelo vereador de que a empresa havia sido constituída um mês antes da licitação, Tiago se defende dizendo que a empresa foi constituída num prazo totalmente diferente do que foi dito pelo vereador, segundo a documentação da empresa ela foi aberta em 12 de julho de 2017, e a licitação só ocorreu em outubro de 2017. “Ele foi leviano em dizer que minha empresa foi aberta para participar dessa licitação em questão. Minha empresa atende diversos municípios do Entorno. Bastava ele ter procurado nosso escritório e teria acesso à toda a documentação que ele precisasse, mas preferiu fazer uma denúncia infundada para gerar polêmicas” disse o dono da empresa. Sobre o endereço da empresa ser em um apartamento, Tiago explicou que quando abriu a empresa o endereço que ele deu na junta comercial foi de sua residência, o apartamento onde mora, por na época ainda não ter fechado o contrato de aluguel definitivo da empresa, que funciona desde agosto de 2017, conforme documentos apresentados, em um pré3dio comercial no Parque Esplanada III. Tiago também falou sobre a possível pessoa “laranja” citada no vídeo feito pelo vereador. “Ela é minha esposa e tenho procuração dela, ele como vereador e empresário sabe muito bem o significado de uma procuração e quais seus efeitos” comentou o empresário.

Prédio onde funciona o escritório
Certidão de casamento do empresário com a suposta “laranja” mencionada pelo vereador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *